Cuidados com a voz

cuidados com a voz

Segue alguns dos itens que geram várias especulações:

Ar condicionado:
Ele retira a umidade do ambiente e quando se está em um ambiente fechado por muito tempo, como por exemplo no estúdio, ele resseca a laringe, pessoalmente, eu prefiro gravar com o ar condicionado desligado por mais que esteja calor. A sensação de garganta seca incomoda muito para quem precisa da voz 100% principalmente em gravações. Caso seja inevitável ficar num ambiente assim é aconselhável beber água (temperatura ambiente) em pequenos goles durante todo o tempo.

Álcool:
As bebidas alcoólicas desidratam e anestesiam a mucosa laríngea. Nessas condições pode-se cometer o abuso vocal, pois a sensibilidade está diminuída, provocando rapidamente a “roquidão” e em longo prazo danos nas cordas vocais. É mito dizer que conhaque, uísque, vodka ou outra bebida alcoólica aquecem a voz. Simplesmente há a perda da inibição, que deixa a pessoa “solta” para execuções que antes estaria insegura e o aumento da temperatura interna do corpo pelo efeito vasodilatador.

Coquetel de Sprays e “balinhas”:
Quanto mais age as propriedades anestesiantes, desinfetantes e, em alguns medicamentos, antiinflamatórias, passa-se a abusar inconscientemente da voz. O problema é fazer uso da voz sobre o efeito do medicamento que no mesmo caso do álcool provoca o uso desmesurado da voz durante o tratamento.

Automedicação:
Pegando carona no item acima… Confirme as informações e receitas que passam geralmente de boca em boca com um médico devidamente habilitado.

Chás:
Uma bebida quente é sempre bem vinda, mas deve estar em temperatura agradável para não agredir a mucosa da boca e da laringe.

Gelados:
Não que você deva parar completamente de beber ou comer qualquer coisa gelada, mas quando for fazer uso da voz evitar o choque térmico.

Fumo:
Ele é o principal causador do cancro da laringe. Interfere na laringe diretamente, causando irritação, edema, tosse, aumento de secreções e infecções. Sem mais…

Gargarejo:
O gargarejo deve ser indicado pelo médico em caso de infecção na garganta associado a algum medicamento.

Maçã:
Comer uma limpa o trato vocal, ajuda combater a secura, além de ser adstringente (a pectina) que ajuda a reduzir saliva espessa que dificulta os movimentos da boca e faringe.

Laranja e limão:
São bons para eliminar secreções, mas também agridem a mucosa laríngea dependendo da acidez.

Chocolate, leite e derivados:
As gorduras contidas nesses alimentos leite aumentam a viscosidade do muco do trato vocal prejudicando a ressonância e a articulação.

Comer antes de cantar:
Alimentos pesados ou em grandes quantidades tornam a digestão mais lenta e a barriga cheia dificultam a movimentação do diafragma, além de provocar gases e o depósito de fragmentos na garganta.

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

2 Comments

  1. DJALMA DILTON BASTOS VIEIRA 30 de janeiro de 2012

    IREI COMPLETAR 70 ANOS DE IDADE E CANTO NA IGREJA QUE CONGREGO. GOSTARIA DE MANTER
    A MINHA PERFORMACE NA EXTENSÃO VOCAL. PRETENDO SERVIR NESTE MINISTÉRIO O TEMPO QUE
    FOR PERMITIDO POR DEUS. QUAL O CONSELHO QUE O BRUNO ME DARIA? SERIA NECESSÁRIO FRE-
    QUENTAR UMA ESCOLA DE CANTO ALÉM DAS ORIENTAÇÕES DESTA MATÉRIA?
    QUE DEUS LHE ABENÇÕE BRUNO.
    DJALMA

  2. Aaaaaamo uma maçã!!! E limpa mesmo a garganta! E garganta seca incomoda mesmo: falar com a garganta seca é ruim, imagine só cantar!!!
    Wlw pelas dicas!!!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*