Equalizando a Voz – 1

equalizar voz
Para ser cantor há o lado bom e o lado ruim. O lado bom é que nascemos com o instrumento de nosso trabalho carregamos para todos os lados e está sempre a mão para a prática. O lado ruim é que não visualizamos e não há o contato direto . O que nos resta são as sensações e percepções para melhor colocação e equalização da voz. Por isso precisamos entender o “mínimo” da fisiologia das partes envolvidas na produção vocal.

As características acústicas da voz são determinadas por dois fatores: fonte sonora e trato vocal. Segundo Boone, a freqüência fundamental produzida pelas pregas vocais seria uma voz de tom fraco, estridente, sem o componente adicional da ressonância. Assim como em qualquer outro instrumento o seu corpo é uma caixa de ressonância. Os ressonadores dão timbre e amplitude particular para o som emitido pelas cordas vocais e a manipulação e direcionamento da emissão para eles é o que nos faz equalizar a voz.

Ressonadores:
face
tórax

Na figura 1: Seios da face.
Na figura 2: Arcada dentária, Véu Palatino (mais conhecido como céu da boca),Faringe e Caixa torácica .

A partir daí surgem as expressões conhecidas como voz de cabeça, voz de peito, voz anasalada outras. Falarei sobre esses assuntos mais adiante.

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

Ainda não há comentários.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*