EXTENSÃO VOCAL – 1


“Como conseguir mais agudos?” Esse é um assunto que muitos iniciantes consideram sinônimo de cantar bem. Se fulano tem uma extensão tem 1000 oitavas ele é o melhor cantor do mundo. Pior ainda é o culto ao agudo que criou uma das coisas mais bizarras da música: os castrati (cantores castrados antes da puberdade para manter os agudos da voz de criança).
É importante diferenciar os termos: tessitura vocal e extensão vocal. Pois o primeiro se trata do conjunto de notas emitidas dentro da capacidade natural do cantor ou seja “sem esforço” ou também classificada como região de brilho e a segundo a totalidade de notas que podem ser realizadas independente da qualidade sonora emitida e que pode ser aperfeiçoada e explorada com o estudo do canto.

O aumento da extensão vocal é um trabalho gradual e leva tempo para alcançar bons resultados. Devo ressaltar que você terá que respeitar seus limites, uma voz mal colocada pode soar muito bem agora, mas trará danos futuros e muitos cantores famosos já tiveram que reaprender a cantar por conta dos abusos vocais. Se você quer mais agudos precisa de uma respiração perfeita e de um ótimo apoio vocal.

Tudo que for “fora” da sua tessitura é uma região de “passeio”, pois cantar o tempo inteiro fora do seu registro vocal trará rapidamente uma fadiga e logo você terá que baixar os tons das músicas. O princípio é o mesmo da musculação ou maratona, você treina em um ritmo confortável para que você consiga executar os movimentos no tempo ou nas séries estipuladas pelo professor mesmo que você corra mais rápido ou consiga levantar mais peso. Com o tempo você pode até melhorar seu ritmo normal, mas como todo atleta um dia o seu rendimento cai. Por isso a importância do treino e do respeito aos seus limites. Dessa metáfora se tira outra grande dica: …quer agudo? Treine muito bem sua região natural e aumente aos poucos quando estiver “fácil ”.

Continua…

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

21 Comments

  1. leonardo henrique 14 de novembro de 2011

    oiie td bem

    mas tipo canto em um coral falarm q sou baritono mas canto no tenor e varias vezes quando o coral tah cantando uma musica alta muitas vezes eu subo pro contralto mas minahs vóz sai meia suja. e eu quero saber como faço pra deixar minha vóz limpa quando eu subir desse geitoo e umas tecnicas tbem obg

  2. Author

    Sim! Com o tempo vc irá descobrir novos caminhos para a voz e aumentar sua extensão. Não desanime!

  3. Maria Vitória 6 de setembro de 2011

    Oi. Adorei o post,o blog está ótimo. Tenho uma dúvida: Minha classificação vocal é soprano,porém tenho pouco tempo de técnica vocal (dois meses exatamente) e me preocupo com minha extensão,que vai de um Sol2 até Dó4. É normal ter um alcance tão mínimo no começo? Obrigada :)

  4. Author

    3 oitavas é uma boa extensão mas vai depender do seu treino e da sua condição física. Procure escutar cantores com a voz grave como referência para seu estudos mas é muito importante procurar ajuda de um professor de cantor.

  5. marcus martins 15 de agosto de 2011

    sou muito limitado em extensao vocal, mas gosto muito de cantar (detalhe minha voz é grave) mas preciso de pelo menos alcancar mais uns 5 agudos cinco notas para me sentir satisfeito sera que com muito estudo alcanço 3 oitavas?

  6. Olá Bruno, gostei muito de sua postagem. Tenho inúmeras perguntas para lhe fazer. Eu canto desde os 9 anos de idade, minha voz (naturalmente) passou por várias mudanças, porém eu deixei de cantar por 1 ano pois cantar estava sendo um ”problema”. Mas quando voltei á cantar percebi muita maturidade em minha voz. Então decidi gravar minha voz para analisa-la, mas ao ouvir minha voz percebi que não tinha nada a ver com minha voz ao vivo. O que devo fazer?. Venho de uma família musical (se posso assim dizer). Envie a resposta por e-mail. Caso você tenha MESSENGER envie por e-mail também. Desde já agradeço.

  7. Srtª Annie 17 de março de 2011

    Mas será possível que eu não posso fazer nada do que eu gosto?
    Quero muito fazer notas agudas, quem sabe até alcançar o whistle register, mas eu acho que eu não tenho garganta pra isso. E o pior é que onde eu moro não tem nem sombra de professor de canto! Eu já estou careca de saber que ter uma extensão de cinco oitavas por exemplo, não quer dizer que a pessoa tenha uma voz bonita, bem trabalhada etc, e fazer notas agudas igual um apito também não quer dizer que fulano é o melhor cantor do mundo.
    Obrigada, e continue postando sempre coisas legais.

  8. Olá.
    Muito obrigado pelas informações!!!!!!!!
    Mas acontece que a minha voz tem uma extensão muito pequena (Lab1-Fá4, as vezes (uma vez)Lá4).Eu canto em um coral amador (a 3 anos, sou tenor)e gosto muito de cantar nele, mas algumas musicas exigem que eu segure por 12 tempos( seminima = 120) um si4 ou até um
    fa4 ou sol 4 e eu não consigo nem por 2 tempos e no caso do la eu tento faser “normal” e sai um “falsetão” super desafinado. Se eu tentar cantar no baixo eu NÃO CANTO, é muito grave!!!!!!!(ñ tem baritono no coral)
    O meu La Já é um “arroto”!!!!!!Me ajuda!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Eu tenho 15 anos(talvez seja a idade) não sei se forço pelo lugar errado como já me falarão
    (garganta) mas não sei tb como identifico isso(garganta pulmão nariz cabeça).
    Obrigado!!!!!!!

  9. ola prazer!
    tenho algumas duvidas em relaçao a minha voz…
    faço algumas notas graves(não tão graves) e tambem faço algumas notas agudas..
    tenho duvida se sou baritono ou tenor. Sabe me explicar isso?

  10. Valeu pelas dicas, me ajudou muito mesmo.

  11. Author

    Essa é uma missão difícil, acredito que impossível mas se alguém tiver descoberto por favor conte pra gente! Olha o ideal é que você tenha uma rotina diária de exercícios de respiração e faça o aquecimento antes de cantar. abs

  12. como faço para minha voz ser a mesma todo dia?

  13. Sit bem legal. Eu tenho umas perguntas: Como vou ter certeza de que estou cantando bem? Algumas pessoas me disseram que canto bem, mas eu não tenho certeza. As vezes minha voz está linda, outros dias fina, aguda. Como faço para que sempre seja a mesma? Parece que nem eu sei qual é minha voz é meio que selena gomez não escutei uma musica dela que a voz esteja igual a outra.

  14. ja to cantano até Guns n roses com esse agudo meu já…
    mas o problema q quando chega na Paradise City e como ela é uma musica bem aguda, minha musculatura se fadiga….ae n solto mais agudos, tenho q esperar minha musculatura relaxar..

  15. Wesley Badaro 4 de outubro de 2010

    Olá, tudo bem, é um prazer imenso tirar dúvidas no quesito musicalidade com sua pessoa.
    Minha voz é meio que tenor, não sei direito.
    Consigo alcançar com bastante esforço a nota Sol4 em um teclado de 5 oitavas e até a Lá4 esganiçadamente. Devo continuar assim? Acho que minha não aguenta e acabo fazendo feio.rs. Obrigado pelo esclarecimento.

  16. Author

    Oi Alexandra, obrigado pela visita! Sua voz ainda pode oscilar muito na puberdade o importante é manter a prática de exercícios vocais para se adaptar. abs

  17. Obrigado pelas dicas.

    Eu consigo disfarçar bem minha voz,e às vezes não consigo chegar à algumas notas ( talvez seja a puberdade .. só tenho 11 anos) mas consigo algumas notas legais para algumas músicas altas ( talvez um Fá ou um Sol).

  18. Leandro Matos 18 de setembro de 2010

    Muito obrigado!!!

  19. Author

    Olá Leandro, obrigado pela visita!

    Vou pesquisar e escrever um post sobre isso,ok?! Continue visitando o blog. abs

  20. Leandro Matos 16 de setembro de 2010

    Olá, em primeiro lugar, gostaria de parabenizá-lo pelo conteúdo exposto de bom gosto; hoje em dia, é muito difícil encontar orientação em termos musicais, principalmente no que tange vocalização e canto.
    Tenho uma dúvida: Creio que seja barítono pois minha tessitura vai de Sol1 a Lá3, em um teclado de 5 oitavas; consigo com um pouco de esforço alcançar um Sib3, com certa qualidade, mas a extensão, com algum esforço, chego a Mi4. Antigamente, eu tinha aquela insitência infeliz em atingir notas agudas, mas agora tenho me preocupado mais com amplitude. Mas meu timbre é muito macio e suave, é possível dar potêmcia à voz?
    Confesso que sou meio frustrado, pois minha voz já sofreu umas duas modificações fortes, antes tinha bastante agudo, claro, na infância, depois ganhei um grave generoso e agudos razoáveis, mas depois permaneceu a atual tessitura…
    Atualmente, me dedico mais a exercícios vocais de extensão, mais do que mesmo cantar, para conferir uma extensão razoável e tentar ampliar minhas zonas individuais.
    Percebo que leva tempo e exige perseverança nesses exercícios.
    O que você pode me dizer, meu caro.
    Muito grato.

    Abração e continue a colocar material bom pra gente.
    Valeu!!!!

Trackbacks for this post

  1. [...] EXTENSÃO VOCAL – 1 “Como conseguir mais agudos?” Esse é um assunto que muitos iniciantes consideram sinônimo de cantar bem. Se fulano tem uma extensão tem 1000 oitavas ele é o melhor… [...]

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*