Por que algumas músicas ficam grudadas em nossas cabeças?

Tem certa músicas que não saem da sua cabeça. Você está fazendo algo e de repente se pega cantando a música. Tá tomando banho e aparece ela, correndo e ela de novo, senta pra comer e já batuca ela nas coxas, você se torna escravo dela! Pior que é altamente transmissível ! Deveria haver um controle de saúde do ministério da saúde e tudo mais hahaha. Não precisa nem ser exatamente a letra, pode ser o “tralalá” , o solo, o refrão ou um intrumento de destaque da música.Porque elas grudam?

Estudiosos chamam isso de  earworms ou, em português claro, larvas de ouvido. Não, realmente tenham uma forma física, mas são uma metáfora para o parasitismo que fazem em nossos ouvidosseria um tipo de “coceira cognitiva” ou “coceira cerebral”. O cérebro fica constantemente tentando preencher as lacunas no ritmo de uma música, tanto é, que você não fica com a música inteira na cabeça “martelando”.

A melodia ativa o córtex auditivo que ao ouvir uma música conhecida preenche com o restante, em outras palavras, seus cérebros continua “cantarolando”  a praga musical mesmo não a ouvindo mais.   E como é uma “coceira” quanto mais coça mais da vontade de coçar!

Talvez o segredo para criar uma música chiclete está em compor algo semelhante a outro ou acrescentar algo que crie um “pedido melódico” ( um espaço musical que pede uma melodia).

Se alguém quiser saber detalhes leiam mais em: http://saude.hsw.uol.com.br/musicas-grudam-na-cabeca.htm

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

2 Comments

  1. muito bom o texto! E pior que é verdade,as músicas que grudam na cabeça são as mais chatas!

  2. Ahhh, quem nunca teeve isso! muito booom.
    O problema é que as que grudam na cabeças são as musicas mais toscas… haha.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*