Por que o CD de áudio tem duração de 74 minutos

O Compact Disc Digital Audio, que conhecemos hoje, surgiu em 1980 e nele cabem exatos 74 minutos de música.  Agora porque?

Primeira versão da história: Norio Ohga enviou uma crítica a qualidade do som de um gravador de fitas da Sony em resposta recebeu uma oferta de emprego. Ele chegou a ser presidente da Sony nos anos 80, mas na época do projeto,  era supervisor e dele veio o pedido para que o formato do CD fosse capaz de suportar a Nona Sinfonia em D menor, Op. 125, o  último trabalho do compositor alemão Herr Ludwig van Beethoven.

E por que essa música? Era a obra com a maior gravação até aquela data que aconteceu no festival de música clássica de Bayreuth de 1951 sob a regência de Wilhelm Furtwängler e não cabia nos formatos oferecidos.

Segunda versão foi que o famoso maestro austríaco Von Karajan que teria determinado esse formato em relação ao tamanho da Nona Sinfonia. O maestro era um grande  influenciador para tornar o CD conhecido entre os audiófilos, e  essa seria uma condição para apoiar o projeto.

A terceira versão defendida pelo engenheiro da Philips Kees Immink, é que o formato de 12 centímetros foi decidido para que a solução fosse neutra. Já que a Sony e a Phillips trabalhavam em conjunto no projeto mas descordavam sobre o formato, uma queria 10cm de diametro e a outra  de 11,5cm que pudesse caber pelo menos 60 minutos de música a 16-bit e 44,056 Hz em estéreo.

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

Ainda não há comentários.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*