Composição – Letra ou Música?

Você deve sempre se perguntar: “O que fazer primeiro: Letra ou Música?

Se for procurar por referências irá ver que não existe regra: alguns compositores começam com a letra, outros com a melodia e ainda há quem faça os dois ao mesmo tempo. Claro que tudo depende dos fatores que interferem no processo criativo e que atual como combustível imensurável da inspiração. Farei pequenas reflexões abaixo sobre as 3 principais modos para compor uma música:

Letra

Na minha opinião, uma escolha complicada. Provavelmente você terá que alterar o texto para “encaixar” na melodia que ainda será criada. Ou ainda você estará tão preocupado em transmitir a mensagem do texto que a riqueza melódica pode acabar comprometida dando lugar a “narração”.

Por outro lado a música já nasce com uma temática que terá forte influência no ritmo e na melodia com base na interpretação do texto.

Melodia

Minha opção de composição preferida pois, a meu ver, oferece uma liberdade bem maior que a anterior. Modulações melódicas e harmônicas ocorrerão com frequência guiadas pela emoção do momento ou por um planejamento meticuloso em busca da sonoridade perfeita.

E então a letra vem para traduzir a história “contada” pela música.

Letra e Melodia ao mesmo tempo

Condição que, para mim, ocorre com menor frequência, pois requer um momento de grande inspiração. Seria o modo ideal de compor sendo que não exige a “transpiração” para unir letra e música. Mas também um caminho perigoso onde o conteúdo da obra pode ser breve e pobre devido a instantaniedade.

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

Ainda não há comentários.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*