A internet na vida do músico

Image and video hosting by TinyPic

Com o surgimento da internet muitas coisas mudaram para a vida do músico. Além da força para a divulgação do seu trabalho, neste post gostaria de falar da ajuda prática .

Image and video hosting by TinyPic

Você é um músico do início da década de 90. O rádio e a TV, naquele momento, influenciam, e muito, no seu repertório e gosto musical da galera. Se você gostasse de uma música que tocou na rádio da padaria, por exemplo, ou você esperava o locutor falar o nome da música, ou então perguntava em qual estação está sintonizado o rádio, e corria pra casa para tentar ouvir novamente e pegar o nome da música e artista. Aí você tinha 3 opções:Image and video hosting by TinyPic

  • Ia pra loja mais próxima e comprava o LP ou CD ou Fita.
  • Ligava pra turma da banda e via quem tinha o tal disco.
  • (a melhor!!!) Tirava aquela fita k7 velha de guerra da gaveta e no momento certo apertava REC e PLAY… pronto você tinha mais uma música gravada em cima da outra mas… Alguns inconvenientes como: o locutor soltava algum comentário no meio daquele solo que você iria se “matar” pra tirar; Propaganda da emissora no meio da música “Numseikê FM a sua rádio”, ou então “comiam” o final da música que de 5 min. foi pra 3min. ( caso da música One do Metallica que nunca tocavam até o fim).

Image and video hosting by TinyPic

  • Seu celular identifica a música sozinho quando você aproxima da caixa ou cantarola o refrão e já oferece a opções de compra da faixa.
  • Ou se não tem um celular tão “hightech” chega em casa e vai para os sites: Midomi ou Shazam para descobrir o nome da música e o artista.
  • Você baixa de graça no P2P ou Torrent ou Site de sua preferência ou um amigo passa via MSN.

Com a  música (ou parte dela) nas mãos, para aprender a tocar e cantar  eram mais 3 caminhos:

Image and video hosting by TinyPic

    • Ia na banca procurar a revista com as cifras (sempre com alguns erros) dentre as milhares com cifras do Raul Seixas e Legião Urbana.

Image and video hosting by TinyPic

  • Tirava a harmonia e solo na raça porque afinal você já era um músico sinistro e algumas horas indo e voltando as músicas não iriam lhe fazer mal (ou nem ia demorar isso tudo). A letra ( se for estrangeira) sabendo o idioma tudo bem …senão… embromation.
  • Pede pro seu professor de violão lhe passar tudo numa folha de caderno. Quanto à letra seu amigo poliglota escreve pra você.

Image and video hosting by TinyPic

    • Mais de 200 sites de cifras e tablatura pra você escolher.
    • Programas que “ensinam” você a tocar a música em diferentes velocidades.
    • Vários vídeos no Youtube ensinando o passo-a-passo da música .


Falando nisso:


Agora tudo depende da sua capacidade de decorar e assimilar o que aprendeu.

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

6 Comments

  1. bom dia, sei que é mais fácil hoje de divulgar sua música, mas antigamente era BEM MELHOR. O músico sabia o que era harmonia. Não é que nem hoje, que qualquer filho de papai pega um violão, aprende na net, e acha que é o fo** e sabe tudo… eu acho mais FÁCIL hoje, mas era MELHOR antigamente…

  2. Pode crer, cara! Era bem mais legal naquela época porque tinha um envolvimento maior para decorar a música. Falando em papo de buteco, vou fazer mais uns posts sobre a vida do músico continua a visita. um abraço

  3. Pôxa cara, falou tudo.
    Tô cansado de fazer essa comparação em boteco quando tô com alguma turma que curte música. Naquela época era bem mais difícil conseguir material, mas não sei porque tenho a sensação de que era mais legal. Lembrei agora de uma vez que peguei 2 ônibus pra ir na casa de um cara que tinha um EP do Metallica que tinha apenas a One de um lado e do outro tinha mais umas 2 musicas. kkkkk

  4. Fala queridoo.
    Está muito show o layout novo.
    eu tinha dado um tempo nos feriados de fim de ano, mas voltei à ativa e estou atualizando novamente, sempre bom um tempo para escrever sobre música.

    Sobre o post, eu peguei o finalzinho da época dos cds, logo começou a internet, mas o que eu aproveitei da época que tirava músicas pela harmonia e pelo ouvido, continuo a trazer para a vida toda.
    Muito bom o assunto.
    Abraço

Trackbacks for this post

  1. […] A internet na vida do músico 5 melhores cenas de música em filmes não musicais Pássaros tocando guitarra Apostas musicais para esse ano, segundo o BBC […]

  2. […] This post was mentioned on Twitter by Bruno Francesco and Bruno Francesco, Essas Bandas. Essas Bandas said: RT: @brunofrancesco: Novo post #vocalise: A internet na vida do músico http://bit.ly/7pO915 […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*