Jam Session brasileira no Youtube

O Guitarrista Gustavo Di Padua inicia um crowdsourcing com a intenção de gerar uma grande jam session no YouTube. Ele convida os guitarristas da internet para fazer um vídeo resposta utilizando a base musical por ele criada e disponibilizada nesse link: http://ads.tt/t8AgPw Os melhores vídeos serão selecionados para a compilação de um super vídeo repleto de participações.

Veja abaixo o texto que acompanha o vídeo:

“Estou ansioso para ouvir suas composições sobre esse playback! Participe!
DOWNLOAD DA BACKING TRACK:
link 1: http://ads.tt/o_GG2g link 2: http://ads.tt/t8AgPw

Melodia é definitivamente o elemento musical com que eu mais me identifico. E através dela o músico consegue expressar sentimentos e alcançar o ouvinte com maior facilidade.

Uma boa melodia, interpretada da forma correta, a cappella ou acompanhada do arranjo certo, boa harmonia e ritmo, já sairá de cada um com uma grande dose de emoção. É essa que normalmente terá maior acesso, que trará identificação imediata do público com a música.

Se pensarmos em música instrumental, as pessoas podem não entender o que ela quer dizer, pela ausência da letra, da história cantada, e o engano maior é achar que não se pode dizer algo somente com melodias. Pode e muito!

O que estou propondo, é que todos atentem para isso. Quando estiverem por exemplo, improvisando descompromissadamente, façam um exercício melódico. Criem motivos e respostas. Às vezes surge aquela frase no meio que te chama atenção. Porque não explorar e ir além com a idéia?

Tenho vários solos que deixaram de ser improvisos porque simplesmente me apeguei com a melodia que eu senti, que ouvi antes mesmo de tocá-la e acreditei nela. O conhecimento teórico e a técnica auxiliam esse processo. Quanto maior for esse conhecimento, mais possibilidades melódicas. O que não quer dizer que utilizando uma escala ou idéias mais simples, não se possa criar grandes melodias, descobrir o melhor caminho melódico.

Falo em descoberta, porque, para mim, tudo na música tem o seu lugar. Acredito que precisamos estar sensíveis para transmitir o que ela nos pede.

Como já falamos bastante em melodia, experimentem criar algo, algumas melodias sobre o playback que criei. Mesmo que bem simples, é um grande exercício, nos força a pensar, a colocar em prática o que aprendemos.

Estrutura da base: Numa composição instrumental, assim como nas músicas cantadas, podemos definir por exemplo, (introdução), (parte A), (parte B), (Refrão), (A com talvez alguma alteração), (B com alguma alteração),(Refrão), (Solo), (Refrão) e um arranjo pra terminar a música. esse é um formato bastante “Pop” Apenas um exemplo. Experimente definir melodias para( Parte A), (parte B) e (Refrão) improvise no solo até definí-lo também. ”

Atualizado dia 07 de Fevereiro

Veja o resultado da ação:

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

Ainda não há comentários.

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*