Power trios poderosos

powertrios

O Power Trio é um formato de banda popularizado na década de 1960. Originalmente possui uma linha de guitarra, baixo e bateria em sua composição. Embora um ou mais membros possam cantar, geralmente enfatizam o desempenho e impacto sobre vocais e letras.

http://www.youtube.com/watch?v=5hSW67ySCio

A popularização,  na década de 60, tornou-se possível, em parte, pela evolução tecnológica do amplificador que aumentaria muito o volume da guitarra e baixo.  Isto permitiu que um grupo de três pessoas poderia ter o mesmo impacto sonoro que uma ‘big band’ e deixou muito mais espaço para improvisação e criatividade. Nesta época,  Jimi Hendrix Experience e Cream exemplificam bem  a popularização do formato. A idéia do Power Trio se tornou tão difundida durante o final dos anos 1960 que se tornou praticamente um rito de passagem para os jovens músicos. O  Blue Cheer, na sua configuração mais popular como um Power Trio,  adotou esse formato após ver Jimi Hendrix tocar no Monterey Pop Festival. Por conta desta influência muitos grupos adotaram essa fórmula instrumental com a adição de um vocalista. Estes incluem The Who, Led Zeppelin, Black Sabbath, e Queen (apesar de Freddie Mercury ser instrumentista algumas das canções da banda usavam desta fórmula).

Na decada de 70 surgem Rush, Motörhead e The Police e, então, o  teclado é incorporado, como o bem destacado grupo Emerson Lake & Palmer. Alguns trios também experimentaram teclados e sequenciadores no estúdio, um exemplo notável desta corrente é o trio canadense Rush, cujo baixista Geddy Lee tem frequentemente mostra seu multi-instrumentismo. A moderna tecnologia digital permitiu aplicar seus desempenhos de  estúdio em shows, onde simultaneamente Lee canta, toca teclado, toca baixo com recurso de pedais.

http://www.youtube.com/watch?v=L7Tir9ewgks
exemplos

Embora o formato tenha caído um pouco de moda nos anos 80 pelo show business, é retomado na  década de 90 com  Nirvana, Green Day, Silverchair, entre outros. E mais recentemente, o termo tornou-se geralmente aplicado a qualquer banda com três pessoas.

Tem um power trio da pesada que eu indico pra quem é fã de fusion e muito improviso, Vital Tech Tones vale a pena conferir no “vídeo” a baixo:

Comentários

comments

Sobre o Autor

Bruno Francesco

Formado em Publicidade, MBA em Marketing Digital e Músico. Mantém as duas carreiras: publicitário e cantor.

Visit Website

One Comment

  1. Rush *0*
    (Faltou ZZ Top)

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*